comprar imovel nos estados unidos

Comprar um imóvel nos Estados Unidos tem sido cada vez mais comum entre os brasileiros. Motivos não faltam. A burocracia quase inexistente, a facilidade de empréstimo, os juros baixos, o alto padrão dos imóveis, a diversificação de ofertas, a segurança e a qualidade de vida são alguns deles.

A Flórida tem sido a queridinha dos brasileiros, especialmente Miami Beach, Orlando e Fort Lauderdale. Lá, além do clima e da farta oferta de lazer, os lançamentos contemplam tudo o que os investidores brazucas gostam: muito conforto, ótimas condições de pagamento e retorno praticamente garantido através do aluguel.

Para se ter uma ideia, de acordo com o Itamaraty, há hoje mais de 1 milhão de brasileiros morando nos EUA, 300 mil deles na Flórida. Se você ainda está em dúvida, veja como é fácil comprar um imóvel nos Estados Unidos em apenas 5 passos.

Comprar um imóvel nos Estados Unidos é muito fácil. Basta seguir 5 passos

1 – Escolha o imóvel

Ainda que seja muito fácil comprar um imóvel nos Estados Unidos, você ainda tem a facilidade de contar com imobiliárias especializadas em atender brasileiros. Corretores nativos daqui que trabalham por lá e corretores americanos que falam português estão prontos para prestar assessoria durante todo o processo.

A oferta de imóveis é muito grande e há lançamentos praticamente voltados para o perfil do brasileiro. Lá, ao contrário daqui, os corretores não ficam brigando pela exclusividade dos imóveis. Todos os corretores devidamente credenciados têm acesso a uma plataforma com um cadastro único.

Assim, o que diferencia um profissional ou imobiliária de outra não é a quantidade, o tipo ou o local dos imóveis que oferece, mas sim a qualidade do atendimento.

2 – Reúna toda a documentação

Ao contrário do Brasil, nos Estados Unidos a burocracia é praticamente inexistente. Mesmo para os estrangeiros a documentação exigida é mínima. Tudo o que você precisa é de passaporte e visto válidos e comprovação de renda compatível com o imóvel escolhido. Essa comprovação pode ser feita através da declaração do Imposto de Renda ou simples extrato bancário ou de aplicação financeira.

3 – Abra uma conta bancária nos Estados Unidos

É muito fácil abrir conta nos Estados Unidos: basta cópia do passaporte e um depósito mínimo de US$ 100,00. Se não quiser, nem é preciso sair do Brasil para isso. Basta conversar com um corretor que indicará um banco parceiro. Neste caso é só enviar os documentos por Sedex, UPS ou DHL.

Cada banco tem uma política de tarifaria para a manutenção da conta, igual como ocorre no Brasil. Na maioria deles a taxa mensal é de US$ 10,00 se a conta tiver saldo médio inferior a US$ 1,5 mil. Você terá direito a um cartão de débito para saques e compras.

4 – Faça a transferência de valores

Com uma conta bancária você consegue fazer as remessas de dinheiro ao exterior entre contas de mesma titularidade sem traduções ou várias burocracias existentes no Brasil. Os bancos brasileiros pedirão apenas comprovação de origem do dinheiro.

No entanto, toda transferência de fundos para comprar um imóvel nos Estados Unidos deve ser feita de acordo com as regras do Banco Central brasileiro. Por isso a conta aberta deve ser aprovada pelo BC.

Para comprar um imóvel nos Estados Unidos o Banco Central permite que você compre dólares pelo câmbio oficial mais IOF de 0.38%. Isso pode ser feito com seu próprio gerente de relacionamento no banco em que você tem o saldo que quer transferir. É bom frisar que para comprar imóvel nos Estados Unidos não há limite de compra ou remessa de dólares.

5 – Compre à vista ou busque financiamento imobiliário nos EUA

Agora você tem duas opções: comprar um imóvel nos Estados Unidos à vista ou através de um financiamento imobiliário.  À vista, os únicos documentos que você vai precisar são cópia do passaporte e extrato bancário ou demonstrativo de aplicação financeira como prova do valor de compra.

Depois, basta transferir o dinheiro da sua conta nos Estados Unidos para a conta escrow do cartório escolhido. É ele que fará todo o processo: verificação legal do vendedor e do imóvel, preparação da documentação para a transferência de titularidade e efetuará o pagamento após a assinatura do vendedor.

No entanto, o financiamento também é bastante facilitado, mas é bom ficar atento que nem todo imóvel se qualifica para financiamento. Por isso, se a sua intenção não é comprar à vista, é interessante deixar isso bem claro para o corretor buscar apenas imóveis qualificados para tal.

Como o financiamento para compra de um imóvel nos Estados Unidos precisa ser aprovado pelo banco, é preciso reunir alguns documentos. Todos eles devem estar com tradução juramentada para o inglês. São eles cópia do passaporte, conta bancária nos EUA, carta do contador, cópia dos 2 últimos anos do IR, cópia dos 3 últimos extratos bancários e prova dos valores. A entrada costuma ser entre 30% e 40% do valor total e o restante em até 30 anos com juros de 3,5 a 6% ao ano, dependendo do pacote escolhido.

Viu como é fácil e muito mais em conta do que se imagina comprar um imóvel nos Estados Unidos? Venha você também fazer parte desse grupo de brasileiros privilegiados e faça um ótimo investimento!

Quer saber mais sobre como comprar um imóvel nos Estados Unidos? Continue acompanhando nossos posts e fique por dentro de todas as novidades!